segunda-feira, 8 de abril de 2013

Pirâmide de Quéops


O documentário da Nova, The Case of the Ancient Astronauts, mostra que todas as afirmações que Däniken fez sobre a Pirâmide de Quéops estavam erradas em toda a linha.
 
A técnica de construção é bem conhecida, sabemos exatamente quais foram a ferramentas utilizadas, nós podemos ver as marcas destas ferramentas nas pedreiras e existem muitas ferramentas preservadas nos museus.
 
 
 
Däniken afirma que lhes levaria uma enorme quantidade de tempo para cortar todos os blocos de pedra necessários e arrastá-los para a zona de construção a tempo de construir a Grande Pirâmide em apenas 20 anos, mas a Nova mostra como era fácil e rápido de cortar um bloco de pedra, e mostra os rolos usados no transporte.
 
Ele também alega que os egípcios subitamente começaram a fazer pirâmides do nada, mas existem várias pirâmides que mostram o progresso alcançado pelos arquitetos egípcios enquanto aperfeiçoavam a técnica desde os simples mastabas até à pirâmides que se seguiram.
 
Däniken afirma que a altura das pirâmides multiplicada por um milhão era a a distância para o Sol, mas o número fica muito abaixo disso.
 
Ele também diz que os egípcios não conseguiriam alinhar as arestas de forma tão perfeita com o norte sem uma tecnologia tão avançada que apenas os extraterrestres conseguiriam oferecer-lhes, mas os egípcios conheciam métodos muito simples para encontrar o norte através da observação das estrelas, e é trivial fazer arestas direitas.

Nenhum comentário: